11/12/2018

Nova coordenação da pastoral carcerária se reúne em Luz

Na quarta-feira, 05 de dezembro, na Paróquia São José, na cidade de Luz a coordenação diocesana da Pastoral Carcerária, Irmã Rosita Lobo, juntamente com o secretário Mário Murari, o pároco da Paróquia São José, padre João Alisson do Carmo, padre Tiago Silva e membros do conselho paroquial.

Durante a reunião irmã Rosita explicou como é feito o trabalho com os internos, destacando a importância desta missão de evangelizar. Irmã Rosita é natural da Índia, e faz este trabalho há mais de 10 anos iniciado no Estado do Pará e agora nas cidades da Diocese de Luz.

A Pastoral Carcerária já está presente em quase todas as cidades da diocese que possuem presídios, cadeias e APACS (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) e pretende ampliar ainda os trabalhos.

Mário Murari durante a reunião, explicou o papel do leigo na pastoral, e incentivou as lideranças da paróquia a participarem desta gratificante missão. Reafirmou que o medo é normal, não há perigo algum, e que o Cristão precisa praticar a ação de uma igreja em saída com a evangelização dos internos para que possam conhecer Cristo a qual ajuda os mesmos na ressocialização na sociedade tornando pessoas melhores e a gratificação da missão é imensurável.

Padre João Alisson também agradeceu a visita, e disse que irá aguardar o planejamento de 2019 com os cursos preparatórios e as lideranças presentes disseram que irão motivar os Cristãos a participarem.

A próxima reunião da coordenação da pastoral Carcerária Diocesana será dia 14 de dezembro, na cidade de Arcos.

De acordo com a coordenação, para 2019 já estão organizadas duas formações diocesanas e também as visitas da coordenação nas várias paróquias.

Fotos

O recomeço

Em 2016, as irmãs Missionárias do Imaculado Coração de Maria, Rosita Lobo e Juli Joy dos Reis chegaram na Diocese de Luz, na cidade de Abaeté. A convite do bispo Dom José Aristeu, irmã Rosita iniciou os trabalhos de reorganização da Pastoral Carcerária.

Durante este tempo houveram três encontros de formação diocesanas para os agentes da pastoral, e atualmente com desejo de ampliar a missão a coordenação da Pastoral Carcerária terá o apoio dos seguintes membros: Mário Murari de Formiga e o Luizinho de Lagoa da Prata.

Desenvolvido por: logo celula